www.bvnewsms.com.br

Golpista se passava por advogado e vendia rifa “fake” para “pai doente”

Policiais civis identificaram em Nova Andradina um golpista, de 27 anos, que vendia rifa falsa alegando que precisava de ajuda financeira para trata do pai doente. O homem não teve a identidade divulgada pela polícia.

Anahi Zurutuza – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Ele se passava por estudante do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) e também por advogado. Recebeu ainda doações diretamente em sua conta corrente.

O estelionatário confessou ter criado a farsa e disse que gastou o dinheiro arrecadado com futilidades.

Ele ainda recebeu doações de objetos para serem rifados e empréstimos, que admitiu não ter intenção de devolver. Alguns dos itens foram recuperados e serão restituídos às vítimas.

O homem responderá pelo crime de estelionato, previsto no artigo 171 do Código Penal, cuja punição é de 1 a 5 anos de prisão. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com