Em Mato Grosso do Sul, criança de 10 anos é enforcada pela mãe e enterrada em lixão

Suposto crime mexeu com o município de Brasilândia, a 284 quilômetros de Campo Grande, na manhã deste domingo (22). Uma mulher de 30 anos teria enforcado a filha de apenas 10 anos com um fio e a enterrado de cabeça para baixo em um terreno próximo ao lixão da cidade, no fim da tarde de ontem (21).

 – Midia Max

Segundo informações do site Perfil News, a mulher armou uma emboscada para a própria filha. Ela teria levado a menina e o irmão, de 13 anos, para um passeio na tarde de sábado (21) e parado o carro no ginásio da cidade. Lá, a mulher teria mandado o filho voltar para casa a pé.

A mulher junto com a filha, dirigiu pela MS-040 e depois de cinco quilômetros da cidade, entrou em uma estrada vicinal, seguiu por alguns metros e parou o carro, enforcando a filha com um fio, ainda dentro do carro. Ainda conforme informações do site local, a mãe teria descido do veículo e enterrado a filha de cabeça para baixo, jogado terra no corpo e ido embora.

De volta ao município, a mulher teria parado em um bar para consumir cerveja, mas tempo depois, voltou ao local do crime para conferir se a menina estava com vida. Percebendo que ela ainda se mexia, jogou mais terra no corpo, indo embora do local novamente.

Ela voltou à cidade, circulou pelas ruas de carro, teria voltado onde enterrou a filha, conferiu a morte e foi embora para casa. Ainda segundo informações do Perfil News, a mulher tomou banho e foi ao pelotão da Polícia Militar contar o que teria feito, durante a noite.

A suspeita relatou ao policial o crime que teria cometido. Incrédulo, o cabo acionou o sargento sobre o suposto crime e uma equipe foi com a mulher até o local onde ela disse que enterrou a filha.

Quando acharam o corpo, logo a PM acionou a Polícia Civil e a perícia. Questionada o que teria motivado o crime, a mãe se manteve calada. Conversas que circulam na cidade é que o padrasto abusava sexualmente da menina.

O filho da mulher, o adolescente de 13 anos, foi apreendido suspeito de ajudar com o crime. A mulher foi transferida para o presídio feminino de Três Lagoas.