www.bvnewsms.com.br

Amambai reforça toque de recolher e decreta “lei seca” aos fins de semana

Diante da ameaça de uma terceira onda de covid-19 a cidade Amambai, a 360 quilômetros de Campo Grande implementou uma das mais duras medidas de restrição já adotadas no Estado, para tentar diminuir o contágio pelo novo coronavírus na cidade. Pelos próximos 15 dias a partir da noite desta terça-feira (25) o toque de recolher no município, será das 19h às 05h, horário de proibição até então inédito em Mato Grosso do Sul.

Por Adriano Fernandes – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Também está proibida a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais da cidade aos sábados e domingos. A medida vale para mercados, supermercados, atacadistas, mercearias, conveniências, bares, restaurantes e lanchonetes.

Ainda conforme o decreto publicado pelo prefeito, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira (PSDB), durante o período de proibição de circulação de pessoas fica autorizada apenas a venda de alimentos e bebidas não alcoólicas, através de serviço de delivery.

Festas, eventos e confraternizações públicas ou privadas que possibilitem a aglomeração de pessoas também estão proibidos assim como a prática de esportes coletivos em clubes, quadras e espaços públicos e privados.

O descumprimento das obrigações estabelecidas no decreto, resulta na suspensão das atividades do estabelecimento pelo período de 15 dias e, em caso de reincidência, na cassação definitiva do alvará de localização e funcionamento. O documento com a definição do novo toque de recolher em Amambai, dentre outras regras valerá por 15 dias, podendo ser revisto ou  prorrogado de acordo com a situação epidemiológica do município de Amambai.

Classificada com bandeira vermelha no Prosseguir, indicando alto risco de contágio pelo novo coronavírus, Amambai já perdeu 44 vidas para a doença e registrou 2.359 casos de covid-19 desde o início da pandemia.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com