Tucanos reúnem mais de 60 prefeitos durante encontro em Campo Grande

187

Mais de 60 prefeitos e quase 300 vereadores estiveram em Campo Grande para apoiar e reforçar a campanha da reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Eles participaram do evento realizado na noite de ontem (20), na sede do comitê Central.

RENATA VOLPE HADDAD- CORREIO DO ESTADO

Segundo o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) e presidente da Associação dos Municípios de MS (Assomasul), a política municipalista praticada por Azambuja nos quatro anos de governo, o credencia a um segundo mandato.

“Esse modelo de gestão pública deve ser mantida e, por si só, justifica a reeleição do governador”, considerou.

Para o prefeito, a presença do governo estadual em todas as regiões foi crucial para que os gestores municipais pudessem cumprir suas metas durante a crise, onde a arrecadação caiu.

“Sem o aporte financeiro do Estado para a recuperação viária, melhoria do atendimento na saúde, mais moradia, saneamento e infraestrutura viária, como pontes de concreto e pavimentação asfáltica, não teríamos avançado”, afirmou Caravina.

O prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB), de Ponta Porã, realçou a parceria do Estado a toda a região fronteiriça. “Tivemos e estamos tendo um tratamento diferenciado nesse governo e hoje somos referência em saúde pública, graças ao apoio do Reinaldo Azambuja na reestruturação do hospital regional”, frisou.

De acordo com Peluffo, um dos grandes méritos do governador é a política apartidária, sem olhar para a cor da sigla do prefeito.

“O Reinaldo Azambuja atende a todos os nossos pleitos e a população está satisfeita porque enxerga que a cidade melhorou nesses dois anos com as obras do seu governo em parceria com a prefeitura”.

Na avaliação do prefeito de Jardim, Guilherme Monteiro (PSDB), o governador fez muito pelo Estado.

“Jardim sediou uma das etapas da Caravana da Saúde, onde foram realizados mais de seis mil procedimentos, e pessoas que aguardavam anos na fila por uma cirurgia hoje enxerga ou anda sem muleta e sem dor”.

Facebook Comentarios