Suspeita de matar marido no Pará com ajuda de pistoleiro é presa na fronteira de MS

528

Professora se mudou para perto do Paraguai após o crime

Suspeita de matar o ex-marido na cidade de Xinguara (PA), a professora Cleonice Silva de Oliveira, 40, foi presa em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande, na tarde desta terça-feira (07). Cleonice foi presa por investigadores do SIG da primeira delegacia de Policia Civil da cidade.

Diego Alves – Midia Max

Ela foi presa no momento em que chegava a escola Municipal Cooporã. Cleonice nega participação no crime e disse que a vítima que também era professor, estava lhe fazendo ameaças. Posteriormente Cleonice chegou a comentar sobre as supostas ameaças com um “pistoleiro” da fronteira. De acordo com a polícia, após o crime, Cleonice foi morar em Ponta Porã onde dava aulas para crianças na rede municipal.

A polícia suspeita que a professora tenha participação no caso e recebeu ajuda do amigo “pistoleiro”. Após o homicídio ela então fugiu para a região de fronteira com o Paraguai, onde fixou residência mesmo sabendo da existência de uma ordem de prisão. A professora chegou a ser comunicada para prestar esclarecimentos antes de se mudar para Ponta Porã, porém não se apresentou á Justiça.

Facebook Comentarios