A Polícia do Paraguai apreendeu mais de 16 toneladas de maconha durante dez dias de operações rurais e urbanas na região de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil. Denominada Operação Soberania, a ação desarticulou 62 acampamentos clandestinos e encontrou 15,9 toneladas de maconha picada e 776 quilos já prensados da droga.

Página 1 News

Segundo a Secretaria Nacional Antidroga do Paraguai (Senad), os policiais ainda destruíram 59 hectares de plantações ilegais de maconha. No total, o órgão calcula que 193 toneladas da substância foram tiradas de circulação. O montante total valeria US$ 5,8 milhões (R$ 21,8 milhões).

Esta foi a segunda grande operação da Senad neste ano. Na primeira delas, chamada Amambaí I, os agentes apreenderam aproximadamente 13,5 toneladas de maconha e destruíram 151 hectares cultivados da planta. Em 2018, a Senad realizou 601 operações de combate ao tráfico de drogas, tirando de circulação mil toneladas de maconha, entre apreensões e destruição de plantações da droga.