Presidente da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) do Senado Federal, a senadora Simone Tebet (MDB) avaliou como positivo o ano de 2019, como momento em que a economia nacional ‘parou de piorar’. Ela admitiu, contudo, que os resultados não foram os esperados em campos como a diminuição da desigualdade e do desemprego.

Danúbia Burema – Midia Max

Na esfera política, a senadora sul-mato-grossense avaliou que houve recomeço com o primeiro ano de gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e com o ‘novo’ Congresso Nacional, que passou por renovação de 60% de seus quadros.

“A gente esperava a recuperação da economia e parou de piorar e começou a melhorar, principalmente de setembro pra cá. Então assim, apesar de achar que poderia ter sido mais rápido, tudo melhor, esse foi um ano eu acho que assim de recomeço pro País em todos os sentidos”, declarou.

Para Simone, agora que o País saiu do ‘fundo do poço’ e encontrou uma mola propulsora para o seu desenvolvimento, já é possível ver um salto modesto que deve seguir avançando. “Eu não tenho dúvida que o ano de 2020 em todos os setores vai ser melhor até que 2019”, finalizou.