Papa Francisco condena crimes sexuais na igreja

177

O Papa Francisco se pronunciou pela primeira vez nesta segunda-feira (20) após a divulgação do relatório nos Estados Unidos, o documento mostrava mais de mil crianças vítimas de abusos sexuais por membros da Igreja Católica, estima-se que pelo menos 301 padres cometeram os crimes ou os acobertaram.

Em cara aberta divulgada pelo Vaticano, o pontífice reconheceu os erros da Igreja Católica e ressaltou a negligência com os crimes

“Com vergonha e arrependimento, como comunidade eclesial, assumimos que não soubemos estar onde deveríamos estar, que não agimos a tempo para reconhecer a dimensão e a gravidade do dano que estava sendo causado em tantas vidas. Nós negligenciamos e abandonamos os pequenos”, afirmou o Papa.

Facebook Comentarios