Papa Francisco aceita pedido de renúncia do Cardeal Theodore McCarrick após acusações de abuso sexual

183

Papa Francisco aceitou o pedido de renúncia de Cardeal Theodore McCarrick, após acusações de abuso sexual. O comunicado oficial foi divulgado na manhã deste sábado (28) no boletim do Vaticano.

G1

Segundo a nota, papa Francisco recebeu na noite desta sexta-feira (27) a carta do cardeal com o pedido de renúncia como membro do colégio dos cardeais.

Papa Francisco aceitou o pedido de renúncia e ordenou ao cardeal que permaneça em uma casa indicada por ele, para uma vida de orações e penitência, até que as acusações feitas contra ele sejam examinadas. Além disso, ordenou a suspensão de qualquer exercício público.

McCarrick é um sacerdote que se tornou bispo e arcebispo na arquidiocese de Nova York antes de ir para Washington em 2001. Ele é um dos cardeais americanos mais conhecidos no âmbito internacional e, embora esteja aposentado, continuava viajando, sobretudo para defender temas de direitos humanos. McCarrick tem 87 anos.

Em junho, após as acusações de assédio sexual, o Vaticano já havia pedido a McCarrick “que não exerça mais publicamente o seu ministério”, segundo o comunicado. Na época, McCarrick afirmou “não ter memória alguma do abuso”, mas disse aceitar a decisão do Vaticano “em obediência”. “Mesmo não tendo antecedentes de abusos, e crendo na minha inocência, estou desolado pelo sofrimento duradouro da pessoa que fez as acusações e pelo escândalo que causaram”, afirmou ele em carta. O episódio de abuso teria acontecido há mais de 45 anos

Facebook Comentarios