Nova vítima revela assédio constante de instrutor de autoescola

235

O instrutor de uma autoescola de Campo Grande que foi denunciado nesta terça-feira (3) por assédio sexual contra uma aluna fez mais vítimas. Uma autônoma de 38 anos relata que o professor a assediou nas quatro aulas que ela fez na escola. “Ele fez isso em todas as vezes que estava no carro comigo. Se aproveitava quando eu fazia um movimento diferente e precisava dar uma orientação para passar a mão na minha coxa”, conta a vítima.

e  – Midia Max

Na primeira vez em que o ataque aconteceu, ela conta que ficou trêmula e deixou o carro morrer. O assédio aconteceu no mês de junho. Segundo o relato da nova vítima, o instrutor também se tocava durante as aulas. “Ele tentou passar a mão na minha perna e foi descendo. Aí perguntou se eu era casada e só parou quando eu disse que meu marido iria ficar muito bravo”, disse.

Indignada, a vítima contou à reportagem que logo no primeiro assédio procurou o dono da autoescola para denunciar a conduta do instrutor e foi informada de que a empresa tomaria as medidas necessárias.

Facebook Comentarios