Nova leva de 72 delegados de Mato Grosso do Sul vai atuar em 56 municípios do interior

208

Os 72 novos delegados de Polícia Civil de Mato Grosso do Sul que foram empossados nesta semana nos cargos, vão atuar em 56 municípios do interior. É o que determina edital da Delegacia-Geral da corporação publicado nesta sexta-feira (29), no Diário Oficial.

G1

Conforme o edital, os candidatos aprovados no concurso público foram nomeados efetivamente nesta quinta-feira (28), com a publicação do decreto na imprensa oficial do estado da lista com os nomes e a classificação final obtida no certame.

O Sindicato dos Policiais Civis do estado (Sinpol-MS), ressaltou que foram nomeados 42 delegados a mais do que previa o edital inicialmente e que vai ser suprida a titularidade de 27 delegacias que não tinham servidores nesta função, o que é importante para suprir o déficit que existe. Entretanto, a entidade, aponta que espera que o governo atue da mesma forma em relação ao concurso para as funções de escrivão e investigador que ainda está em andamento.

“O déficit nas funções de agentes de polícia científica e judiciária, além da área pericial, é muito grande. Estimamos que seriam necessários mais de 1.500 policiais entre escrivães e investigadores para suprir a demanda. O governo estadual poderia ter agilizado para que o certame para estas três funções ocorressem simultaneamente para que a Academia de Polícia também pudesse ter sido realizado em conjunto, aproveitando as matérias em comum e diminuindo custos”, destacou o presidente do sindicato, Giancarlo Miranda.

Lotação será feita em audiência

Nesta sexta-feira, às 11h, no auditório da Academia de Polícia Civil (Acadepol), em Campo Grande, será promovida uma audiência pública com os novos delegados para a escolha das vagas nas delegacias do interior, que será feita conforme a classificação final no concurso, se observando a lotação prioritária nas unidades de atendimento à mulher.

Facebook Comentarios