Um carpinteiro de 59 anos foi preso, na noite desta quinta-feira (24), no bairro Aero Rancho, depois de estuprar duas meninas de 6 e 7 anos. As meninas haviam sido deixadas sozinhas em casa pela mãe, de 32 anos, que havia saído para procurar emprego.

e  – Midia Max

A polícia foi chamada por volta das 18h25 da noite desta quinta (24) depois que moradores do bairro espancaram o carpinteiro ao saberem do abuso cometido contra as meninas. Quando a mãe das crianças voltou para casa foi avisada por vizinhos que o autor havia levado as filhas dela para a casa dele.

A mulher questionou as crianças sobre o que havia acontecido e a menina de 7 anos contou quer ela e a irmã foram na companhia de outro amiguinho para o campinho, que fica em frente da casa delas para brincar.

O homem teria abordado as três crianças e oferecido R$ 1 real caso elas o acompanhassem. Já na casa do carpinteiro, ele teria dado um beijo na bochecha da menina mais nova e tentado beijar a boca e abraçado a garota de 7 anos. O menino que estava junto das irmãs presenciou tudo.

Quando a polícia chegou encontrou o autor escondido em uma construção com vários ferimentos pelo corpo depois de ser espancado por populares, que ficaram sabendo do crime.

Ainda segundo informações, a mãe das meninas estava relutante em registrar o boletim de ocorrência, já que estava preocupada em como voltaria para casa e a mãe do menino não soube informar a data de nascimento do filho. O carpinteiro foi levado para a delegacia e autuado por estupro de vulnerável. A mãe das vítimas disse que teria deixado as filhas sozinhas para procurar emprego.

 

Facebook Comments