Feriado prolongado será de chuva e altas temperaturas em MSt

424

O feriado prolongado será chuvoso em Mato Grosso do Sul, de acordo com a meteorologia. São esperadas pancadas de chuva de hoje até domingo, em razão da chegada de mais uma frente fria ao Estado. As temperaturas devem variar entre 16ºC e 37ºC.

Luana Rodrigues – CORREIO DO ESTADO

O período segue a tendência de outubro, que já acumula 40% do esperado para o mês todo, quando deve chover 125 milímetros. Nos primeiros dez dias deste mês, choveu 52 milímetros até ontem.

Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet),  o padrão dos ventos, calor e a umidade têm promovido chuva com trovoadas. Ontem, uma frente fria chegou ao sul do Estado, por isso as pancadas se intensificaram.

Hoje, essa frente fria cruza o Estado, promovendo chuva novamente, além de leve queda nas temperaturas. Na sexta-feira, estas voltam a subir e o calor e a umidade disponíveis provocam pancadas de chuva isoladas à tarde.

O sábado será um dia de sol com poucas nuvens, exceto no sul, onde a nebulosidade aumenta no decorrer do dia, com pancadas isoladas de chuva e possíveis trovoadas.  Já no domingo, também são esperadas pancadas de chuvas, no entanto, as temperaturas estarão um pouco mais amenas.

MÊS CHUVOSO

Outubro começou chuvoso em Mato Grosso do Sul. Em dez dias, choveu cerca de 40% do esperado para o mês todo. As tempestades têm atingido principalmente o centro-sul do Estado. Em Campo Grande, a chuva chegou a 52 milímetros nos últimos dias. A média histórica é de 125 milímetros para o mês inteiro, segundo o Inmet. Em alguns municípios, as precipitações não dão trégua há três dias, no entanto, não foram registrados estragos de grande potencial.

De acordo com a Defesa Civil estadual, quatro cidades decretaram situação de emergência em razão das chuvas: Naviraí, Jardim, Bandeirantes e Caarapó. Nesta última, seis famílias tiveram de ir para casa de parentes na segunda-feira (8), depois que a água da chuva invadiu o local onde elas moravam.

Em Fátima do Sul, o volume de precipitações tem alagado ruas e avenidas. Ontem, uma pancada de chuva de 25 minutos inundou a cidade. Foram 27,8 milímetros de uma vez só, acompanhados de ventos de até 53,5 quilômetros por hora.

“Nós tivemos um pequeno alagamento num centro educacional, mas nada grave. O ponto mais crítico é a Vila dos Navegantes, mas até o momento não houve alagamento de nenhuma casa. Nós estamos de prontidão, mas se chover mais acredito que vai alagar”, afirmou Waldir Thomaz, coordenador da Defesa Civil do município.

Facebook Comentarios