As crianças irão participar de uma sessão no cinema

Na última segunda-feira (14), crianças da Casa Lar Vó Sinha, em Bela Vista, receberam uma notícia que para muitos é parte da realização de um sonho. Isso acontece, porque nos próximos dias elas estarão carregando pipocas e refrigerantes enquanto entram pela primeira vez em uma sala de cinema para assistir um filme. 

Com o objetivo fazer o bem, o empresário Franklyn Magalhães realizou a doação de ingressos para cinema, destinados as crianças acolhidas pela Casa Lar. 

A coordenadora do abrigo, Carol Cespedes Fleitas, se mostrou feliz com esse gesto de solidariedade e amor. “Estamos felizes por saber que existem pessoas que se importam com nossas crianças. Antes de qualquer coisa, elas precisam de amor, carinho e atenção, e um gesto como esse mostra o quanto é gratificante fazer o bem, sem olhar a quem”, disse. 

Já para a psicóloga Rosangela, “um simples gesto de solidariedade é capaz de realizar sonhos e trazer esperança para o nosso próximo, assim como para nós mesmos, pois quando somos bons para os outros, somos ainda melhores para nós”. 

O passeio deve acontecer no final desta semana. Além de assistirem uma sessão no cinema do shopping Campo Grande, uma programação repleta de alegria e diversão está sendo preparada para as crianças.

De acordo com o secretário de Assistencia Social, Oraldino Centurião Ferreira, doações como essa é muito importante para todos. 

“A participação do cidadão é muito importante. A responsabilidade de manutenção da casa lar é do poder público, então essas doações tem nos ajudado muito. São presentes de natal, ano novo, datas comemorativas, páscoa, dia das crianças… enfim, muitas pessoas têm colaborado significativamente. Algumas pessoas aproveitam seus aniversários comemorar lá na casa lar, junto com as crianças. Muitos até participam do projeto padrinho, onde levam crianças e adolescentes para passear, passar final de semana em suas casas, proporcionando momentos de diversão e afeto pra eles”, comentou, 

O SERVIÇO DE ACOLHIMENTO 

Atualmente o Serviço de Acolhimento Casa Lar Vó Sinhá, encontra-se com 19 acolhidos, sendo crianças e adolescentes de ambos os sexos, de 0 a 17 anos e 11 meses. São acolhidas crianças e adolescentes com deficiência em situação de medida de proteção e em situação de risco pessoal, social e de abandono, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção, até que seja viabilizado o retorno ao convívio com a família de origem ou, na sua impossibilidade, encaminhamento para família substituta. (Assessoria de Imprensa de Bela Vista) 

Facebook Comments