Dois jovens, de 18 e 19 anos, foram presos na quinta-feira (17), acusados de estuprar uma adolescente, de 16 anos, em uma construção abandonada de Ladário. Um dos criminosos é o marido da vítima.

JD1 – Diário Corumbaense

De acordo com o Diário Corumbaense, no dia do crime, os três retornavam da região portuária de Corumbá em direção ao assentamento 72, em Ladário, quando o jovem de 19 anos, entrou no imóvel e chamou a esposa. No local, ele abaixou as calças e mandou que a adolescente fizesse o mesmo, porém, a vítima começou a chorar. Ele então vestiu novamente a roupa e chamou o outro rapaz.

“Ela é toda sua”, teria dito ao comparsa. Em seguida o segundo acusado estuprou a garota, enquanto o outro aguardava. Depois do crime os dois fugiram da construção. A vítima foi encontrada com as roupas rasgadas e sujas, por testemunhas que voltavam de um balneário na estrada da empresa Codrasa.

Após a prisão preventiva decretada, os investigadores encontraram o suspeito de 18 anos, no bairro Padre Ernesto Sassida e o marido da vítima, na casa de familiares, no assentamento 72.

Segundo as autoridades policiais, casos de violência doméstica e estupros são comuns na região. “Esse caso chamou muito a atenção pela forma como agiram os suspeitos e a pouca idade dos envolvidos”, afirmou o delegado de Ladário.

Como estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em casos de abusos, os nomes de todos os envolvidos não são revelados para preservar a vítima.

Facebook Comments