João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva foram executados após cortarem a energia elétrica da casa de um integrante de uma facção criminosa, na região metropolitana de São Luis, no Maranhão.

JD1

Os funcionários da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram executar uma ordem de serviço no bairro Paço do Lumiar, quando foram surpreendidos pelo criminoso, que efetuou vários disparos.

As vítimas não tiveram como se defender, pois os dois estavam dentro do veículo da empresa e acabaram morrendo no local. A polícia suspeita que as vítimas foram mortas por causa de um corte de energia elétrica em uma da casa de um integrante de uma facção que comanda a região. A polícia segue com as investigações, e busca pelos autores.

Facebook Comments