Acordaram mais cedo: TIM adianta celulares para horário de verão

255

Clientes da operadora TIM em diversas cidades do país relataram que o horário do relógio do celular foi adiantado de forma automática para o horário de verão nesta segunda-feira (15), provocando confusão.

G1

No Twitter, muitos reclamaram ter perdido uma hora de sono em pleno retorno de feriado e cobraram explicações da operadora.

Procurada, a TIM informou por meio da assessoria de imprensa que já identificou o problema e está apurando as causas. “A empresa reforça que o caso ocorreu com uma parcela muito reduzida da base de clientes”, disse em nota, sem informar a porcentagem de consumidores atingidos.

Já em resposta a questionamento feito em sua página no Facebook, a TIM encaminhou a seguinte mensagem: “Os aparelhos vinculados à operadora estão programados para a mudança que sempre ocorre referente ao horário de verão no mês de outubro, porém houve uma alteração na data devido às eleições, assim o novo horário só entrará em vigor no mês de novembro. Pedimos desculpas se causamos algum desconforto e, orientamos que você configure seu aparelho para o horário de Brasília”.

A data desta segunda-feira (15 de outubro) coincide com a do início do horário de verão no ano passado.

Em 2018, a duração do horário de verão foi reduzida. O governo federal decidiu adiar o início do horário de verão para o dia 18 de novembro, após o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No início do horário de verão, os relógios devem ser adiantados em uma hora.

Já a data final para o horário de verão foi mantida para o terceiro domingo de fevereiro de 2019. Os relógios deverão ser atrasados em uma hora na madrugada de sábado, dia 16, a partir da meia-noite.

Facebook Comentarios